A tocha olímpica de Tóquio 2020 inspira-se nas sakuras, as flores de cerejeiras japonesas

1 minuto de leitura

A Sakura, ou a Flor de Cerejeira, tem um papel icônico na cultura japonesa, encontrando seu lugar firmemente enraizado na tradição, arte, espaços ao ar livre, música, mangá, anime e cinema, e agora se encontra como a fonte de inspiração para a tocha olímpica de Tóquio 2020.

A tocha, projetada por Tokujin Yoshioka, presta homenagem à flor que literalmente cobre o país em uma poça de rosa toda primavera. Feita de alumínio extrudado, a tocha vem com um design em forma de tubo que se ramifica em cinco seções truncadas para formar a flor de cerejeira Sakura – a flor tradicional do Japão – quando visto de cima. A tocha vem com uma tonalidade rosa-dourada também, para completar sua aparência, dando à tocha uma tonalidade rosada, assim como a flor corada.

Imagem: https://www.tokujin.com/ Reprodução

A tocha é feita de metal reciclado usado nas unidades de alojamento temporário que foram criadas após o terremoto e o tsunami no leste do Japão em 2011. Medalhas olímpicas também estão sendo feitas de metal reciclado, obtido a partir de lixo eletrônico em todo o país.

“O material reciclado da tocha foi uma maneira de transformar materiais que testemunharam a reconstrução de vidas destruídas em um símbolo de paz para transmitir ao mundo até que ponto as áreas afetadas estão se recuperando, um passo de cada vez.”

A liberação do projeto da tocha também coincide perfeitamente com o início da primavera e o florescimento das cerejeiras em todo o país.

Imagem: https://www.tokujin.com/ Reprodução

Imagem: https://www.tokujin.com/ Reprodução

Imagem: https://www.tokujin.com/ Reprodução

Imagem: https://www.tokujin.com/ Reprodução

Acesse o site de Tokujin Yoshioka para conhecê-lo melhor.

Te inspirou? Deixe um comentário! Boa viagem e até a próxima!